Mecanismo de Revelação

Janeiro 15 2012

Deixem-me tentar demonstrar de como os economistas - simples servos da causa social - estão entre os profissionais mais modestos que se pode encontrar e somente comparáveis à classe dos monges budistas. 

 

A frase de apresentação de um blogue de economistas portugueses - A Destreza das Dúvidas - revela humildemente que aquele é:

"Um blogue de tipos que percebem montes de Economia, História, Filosofia, Cinema, Literatura, Religião e Pontes. Numa palavra, holísticos."

Imediatamente fiquei a pensar num outro comentário proferido pelo grande economista Joseph Schumpeter sobre as suas aspirações que se resumiam a:

"3 grandes objectivos de vida: ser o maior amante de Viena, o mais capaz cavaleiro da Áustria, e o melhor economista do Mundo."

Mais tarde Schumpeter concluiu que 2 dos seus 3 objectivos haviam sido alcançados sem nunca indicar a qual dos 2 se referia.

 

Enfim, muita modéstia nas sábias palavras destes economistas que Mankiw, munido até de um estudo académico, explica da seguinte maneira:

Talvez os atributos que fazem um economista bom na sua profissão estão, por alguma razão, negativamente correlacionados com os atributos associados a seres humanos agradáveis. Isto é, a ciência económica poderá ser atraente a pessoas com um conjunto particular de atributos, e se calhar esses atributos não são os mesmos que uma pessoa deseje no seu companheiro do lado num jantar."

 

Já me estava a esquecer de mais uma citação que, para mim, entra directamente nas clássicas: Carlos Costa para João Galamba (vídeo)
"Desculpe, deixa-me acabar porque isso é uma ignorância total(...) Se não sabe o que é "crowding out", vá aprender.(...) Se não querem reconhecer a realidade, não a reconheçam. Batam com a cabeça na parede. Mas a realidade é sempre mais resistente que a cabeça; disso podem ter a certeza."
publicado por Palamedes às 22:56
Etiquetas: ,

De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Assuntos económicos economizando no perdulário.
pesquisar neste blogue
 
mais sobre mim
RSS